Ir para o conteúdo

Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Facebook
Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
05
05 JUN 2020
MEIO AMBIENTE E LIMPEZA PÚBLICA
Marília tem muito a comemorar Dia Mundial do Meio Ambiente
Foto Noticia Principal Grande
ETE BARBOSA
Ações práticas e legislações específicas foram criadas no intuito de melhorar o desenvolvimento sustentável do município

Em 5 de junho comemora-se o Dia Mundial do Meio Ambiente. E a data tem que ser comemorada pelos marilienses, devido às ações práticas e legislações específicas que criadas no intuito de melhorar o desenvolvimento sustentável em nossa cidade, visando preservar a nossa biodiversidade.
A obra do século tornou-se realidade. Marília conta com três Estações de Tratamento de Esgoto, sendo que duas já estão em funcionamento – bacias do Pombo e do Barbosa. A outra bacia, do Palmital, já está sendo construída e tem previsão de entrega até o final do ano, o que colocará a cidade no seleto e restrito grupo de municípios brasileiros que possuem 100% de tratamento de seus efluentes.
A distribuição de água em Marília é outro destaque positivo, já que a falta d´agua era constante. Novos poços foram perfurados, com novas redes de distribuição instaladas, levando à população mariliense este item básico à sobrevivência.
A coleta de lixo é realizada pontualmente, com frota renovada e plataforma de transbordo licenciada junto à Cetesb, eliminando assim um histórico de abandono de lixo pelas ruas da cidade, devolvendo à dignidade à população.
O Hospital Veterinário, construído em parceria com a concessionária Triunfo, recebe animais silvestres atropelados nas rodovias, passando pelos cuidados necessários, e posterior soltura ao habitat natural em áreas de preservação da região.
A Polícia Militar Ambiental também entrega aos cuidados do hospital veterinário os animais resgatados, vítimas de maus tratos ou aprisionamentos, para posterior soltura também em áreas de preservação.
Animais errantes ou abandonados, como cães, gatos, cavalos e outras espécies, são resgatados pela Zangrossi, empresa contratada, que atende através do telefone 193, e passam por atendimento veterinário, sendo doados à população através de feiras de adoção, após a recuperação destes. Este trabalho contribuiu consideravelmente para a redução dos casos de leishmaniose no município.
O Conselho Ambiental recebeu valorização e tornou-se parceiro na elaboração de legislações que promovem a sustentabilidade no município. O Centro de Educação Ambiental foi reestruturado e conta com profissionais qualificados para promover o conhecimento sobre nossa biodiversidade regional, ensinando nossas crianças sobre a importância da preservação e despertando a consciência ambiental em cada uma delas desde tenra idade até sua adolescência.
A arborização urbana vem sendo expandida de forma a atender as áreas mais carentes, e o Plano de Arborização Urbana encontra-se concluído, com a colaboração do Conselho Ambiental. Outro Projeto de Lei que recebeu a colaboração do Conselho foi quanto à contemplação obrigatória de itens sustentáveis nas edificações e reformas dos prédios públicos de Marília.
Quatro Ecopontos estão sendo construídos na cidade, com previsão para inauguração do primeiro já nos próximos dias, onde teremos também o início da coleta seletiva na cidade, valorizando as Cooperativas e Associações dos catadores que colaborarão com estes trabalhos.
O “Projeto Nascentes” identificou e cadastrou 113 nascentes no perímetro urbano do município, e cada uma destas nascentes recebem visita individual, com elaboração de projeto específico para preservação ou recuperação, conforme o caso.
O Programa Adote Uma Praça tornou-se sucesso entre empresários e cidadãos que desejam adotar uma área pública visando colaborar com o paisagismo urbano em Marília.
A cidade conta, ainda, com Ecoponto de pneus inservíveis, lixo eletrônico, legislação específica sobre a logística reversa de pilhas, lâmpadas fluorescentes e baterias, materiais, estes, antes descartados em terrenos sem nenhum cuidado ambiental, contaminando o solo e o lençol freático.
A parceria inédita entra a Prefeitura e Associação dos Caçambeiros eliminou os focos de descartes de entulhos pela cidade, tendo estes materiais o destino ambientalmente correto, após triagem em área licenciada junto à Cetesb.
O incentivo ao uso preferencial do etanol no abastecimento dos veículos públicos tornou-se regra através de campanha idealizada pela Secretaria do Meio Ambiente e de Limpeza Pública, visando reduzir à emissão de gases poluentes emitidos por combustíveis de origem fóssil, nocivos ao meio ambiente. Outra campanha desenvolvida pela secretaria foi o incentivo à utilização de bicicletas pelos servidores para irem trabalhar, ao invés de utilizarem automóveis.
A aquisição de trituradores permitiu a produção de adubo orgânico com as sobras de podas e jardinagens urbanas, reutilizando estes materiais antes descartados incorretamente, passíveis de queimadas, agora utilizados como adubo na produção de mudas do viveiro municipal.
Campanhas educativas orientando sobre a necessidade de limpeza em terrenos particulares, evitando o crescimento de mato, que antes serviam de abrigo a animais peçonhentos e nocivos, além de sofrerem queimadas, agora demonstram os primeiros passos na conscientização ambiental da população, que, aos poucos, entende os riscos à saúde e o desequilíbrio ambiental causados por ações inconsequentes.
Assim, Marília demonstra através de ações claras e objetivas a preocupação ambiental que o mundo atual necessita. Em pouco tempo, conseguimos reverter o quadro negativo relacionado à nossa Biodiversidade a um novo patamar, de equilíbrio ambiental, onde o desenvolvimento sustentável está sendo colocado à frente dos demais interesses, e nossa cidade vem se desenvolvendo harmoniosamente, permitindo que tenhamos uma economia aquecida, porém, em equilíbrio com o desenvolvimento social e ambiental, formando, assim, a base de nosso objetivo, que é termos uma cidade saudável e ecologicamente correta.
Após anos de inércia no Programa Município Verde Azul, a gestão atual trabalhou sério e, enfim, este ano temos muito a apresentar visando à Certificação Ambiental de Marília, demonstrando a qualidade de vida que nossa população finalmente desfruta merecidamente.
“Acreditamos que o básico para sairmos da inércia ambiental ao longo dos anos anteriores foi feito, e agora pretendemos alcançar novos objetivos, melhorando cada item apresentado, e criando novas metas para desenvolver nosso meio ambiente com a qualidade de vida que o mariliense merece. Assim, Marília participa, juntamente com as cidades que demonstram esta preocupação ambiental, de ações locais que causam impactos positivos no planeta, quando somados os esforços em conjunto”, disse o prefeito Daniel Alonso.


Fotos: Divulgação

VINCULADOS À PÁGINA:
Meio Ambiente e Limpeza Pública
Rua: Bahia, nº 40 - Centro/ CEP: 17501-900
Atendimento de Segunda-feira a Sexta-feira das 08 ás 17 horas
Inscreva-se em nossa newsletter e receba informativos
Facebook
Facebook
Instagram
Instagram
Seta
Copyright Instar - 2006-2020. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia